sábado, 21 de novembro de 2009

Escovação dentária para cães, gatos e ferrets

Você sabia que os cães e gatos precisam de escovação dentária diariamente?
É fundamental para a manutenção da saúde oral. A boca retêm restos de alimentos e bactérias que acabam se multiplicando e causando a formação da placa bacteriana. Esta, a principal causadora da doença periodontal (que acomete 80% dos animais domésticos).

O recomendado são 15 minutos diários.

Será que passou pela sua cabeça... nossa mas precisa mesmo?, é tão difícil....


Todos os animais, desde cães, gatos, ferrets precisam entender que a escovação é uma brincadeira. Podemos acostumá-lo com a escovação. Seguem algumas dicas do Site Cão Cidadão, postadas pelo Alexandre Rossi (Dr. Pet).

Antes de iniciar a escovação escolham sempre um local calmo, sem barulho. Movimente suas mão sempre com muita sutileza.


CÃES:
O segredo é habituá-lo aos poucos a este processo. Pode ser usado bem no início uma gaze seca ao redor do dedo para massagear os lábios e gengivas. Depois deste passo, ao notar que o animal está mais habituado a manipulação, passe a escova de dentes perto da boca, do lado de fora mesmo, para que ele se familiarize com o objeto (mas não o deixe mordê-la!). Associe este momento a brincadeiras, petiscos e carinhos. Depois, massageie os dentes e a gengiva do cão com os dedos, pra ele ir se acostumando com o movimento. Comece escovando um ou dois dentes apenas. Pare um pouco, brinque e faça um carinho. Passe para quatro dentes, seis, e assim sucessivamente. Todo este treinamento pode levar alguns dias, portanto seja paciente: só faça o procedimento completo quando ele já estiver à vontade com a escova. Aí vai outra dica super importante: alguns cachorros não curtem certas pastas de dente. Por isso, teste diferentes tipos até achar um creme dental que ele goste. E atenção: nunca, mas nunca mesmo, use a sua pasta ou a de qualquer outro humano para escovar os dentes do cão, pois ela contém substâncias que farão mal a ele se ingeri-la.


GATOS:


Embora seja mais difícil escovar os dentes felinos do que os dos cães, o ideal é fazê-lo pelo menos uma vez por dia. Para habituar o gato a escovar os dentes é mais ou menos do mesmo jeito que fazemos com o cachorro: o truque é acostumá-lo com a escova. Apresente-a ao bichano sem pressa e associe sempre a coisas gostosas, como guloseimas e carinhos. No primeiro contato, faça massagem no felino com a escova e dê um petisco que ele adore. Depois, escove uma parte da gengiva ou o lado de fora da boca e ofereça outra guloseima. Na próxima oportunidade, tente um dente e mais uma saborosa comida. Noutro dia, dois dentes, e em seguida a recompensa... E assim vai. A tarefa é menos complicada se o gato for filhotinho.


* Acesse Cão Cidadão


FERRETS:


Nada mais é do que a associação de cães e gatos, mas recomenda-se a contenção física (segurando na nuca) para que possamos realizar a escovação tranqüilamente. O ferret é muito flexível e a escovação é mais tranqüila com o animal suspenso. O inicio do treinamento é acostumá-lo com essa forma de segurar.
Boa sorte!!!!

3 comentários:

  1. Olá,

    Nós que fazemos o site www.noticiasdorn.com.br gostaríamos de parabenizar o seu profissionalismo e a preocupação com os animais.

    Parabéns..

    ResponderExcluir
  2. Realmente eu não tinha noção dessa necessidade dos animais domésticos, pois viviam me falando que estes possuiam enzimas naturais que dissolviam todos os restos da comida.No entanto, agora possuo uma outra visão, meus sinceros obrigados.

    ResponderExcluir
  3. Oi! Obrigada pelas palavras... Não, nenhum animal possui enzimas para evitar a formação da placa bacteriana. Mas atualmente no mercado já existem produtos com substâncias que reduzem esse acúmulo. Podem ser usadas, para auxiliar na escovação ou atuar como adjuvantes. Dê uma pesquisada na linha dental da Virbac (CET pasta, CET chews e o Veggie Dent).

    ResponderExcluir