segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Neoplasias orais

A neoplasia ( (neo= novo + plasia = tecido)  é proliferação anormal do tecido resultante do "erro" na divisão celular. Classificado como câncer ou tumor, podem ser divididos em
benignos ou malignos. A neoplasia benigna não causa metástase, e pode ser tratada de acordo com o grau de invasão. Diferencia-se da formação maligna que apresenta propriedades invasivas (metástases).
Os tumores orais benignos mais encontrados são epulides. Estatisticamente nos cães e gatos os tumores malignos mais comuns são melanoma, o carcinoma espinocelular e o fibrossarcoma.






** O diagnóstico precoce garante maior chance de sucesso no tratamento. O diagnóstico é através da biópsia para análise histopatológica. A radiografia de crânio e/ou intra-oral podem indicar malignidade e grau de invasão, e também devem ser realizados.

Um comentário:

  1. Ola,

    Gostei dos textos.

    Será que posso publicar no meu portal sobre animais no endereço www.conteudoanimal.com.br

    Por favor se puder me adiciona no twitter.com/conteudoanimal

    obrigado
    Marcos
    http://www.conteudoanimal.com.br

    ResponderExcluir